Balsa com 1.200 passageiros pega fogo no Mar Vermelho

Passageiros foram obrigados a fugir em botes salva-vidas quando um incêndio irrompeu em uma balsa que transportava mais de 1.200 passageiros do porto jordaniano de Ácaba, no Mar Vermelho, rumo ao Egito nesta quinta-feira, disse uma porta-voz da Marinha egípcia.

REUTERS

03 de novembro de 2011 | 07h56

Uma fonte da autoridade portuária do Mar Vermelho no Egito disse que não houve registro imediato de vítimas e a operação de resgate estava em andamento.

Segundo ele, a balsa sofreu graves danos.

A televisão estatal egípcia disse que barcos motorizados da Marinha e aviões militares estavam envolvidos no trabalho de resgate. Segundo a emissora, mais de 800 pessoas já haviam sido transferidas para o porto egípcio de Nuweiba.

O ministro dos Transportes egípcio, Ali Zain el-Abdin, disse à TV estatal que estava aguardando confirmação de que o restante dos aproximadamente 400 passageiros haviam sido transferidos com segurança.

O incêndio ocorreu na balsa Pella, da Arab Bridge Maritime Company (AB Maritime), a cerca de 15 milhas náuticas de Ácaba, disse uma autoridade, acrescentando que outro navio foi enviado de Ácaba para ajudar. A balsa também estava transportando cinco caminhões.

A autoridade disse que os passageiros eram, na maioria, trabalhadores expatriados egípcios que estavam voltando para casa a partir dos países vizinhos.

A AB Maritime, fundada em novembro de 1985, é um empreendimento conjunto entre os governos da Jordânia, Egito e Iraque, com capital realizado de 66 milhões de dólares.

(Reportagem de Yusri Mohamed e Omar Fahmy)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOBALSAINCENDIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.