Bandidos invadem usina, rendem 17 e fogem em Minas Gerais

Quadrilha roubou bobinas de fio de cobre, pesando cerca de 3 mil quilos no total, além de vários carros

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

10 de abril de 2008 | 14h10

Uma quadrilha invadiu, na noite de quarta-feira, 9, a usina hidrelétrica da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), em Sacramento, Minas Gerais, rendendo 17 pessoas, além de roubar vários carros e fios de cobre. Segundo a polícia militar, os seis homens chegaram ao local por volta das 22h30 e renderam os vigias, que foram levados para o interior do prédio, onde outros funcionários também foram rendidos.  Os ladrões ficaram na usina até as 2 horas desta quinta-feira, 10, quando fugiram com um caminhão Mercedes, uma D-20, um Gol, um revólver calibre 38, bobinas de cabo de cobre pesando cerca de 3 mil quilos ao todo, além de microondas, máquina fotográfica digital e um colete balístico. Os bandidos fugiram sem deixar pistas, segundo a polícia. Ninguém ficou ferido.

Tudo o que sabemos sobre:
Cemig

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.