Bandidos se entregam e liberam vigilantes no centro de São Paulo

Os dois criminosos que faziam de reféns dois vigilantes de uma empresa de transporte de valores no centro de São Paulo se entregaram por volta das 18h15 deste domingo, 15. A negociação entre os criminosos, a Polícia Militar e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) durou cerca de uma hora. Os bandidos mantiveram os vigilantes em um carro-forte na rua Mário de Andrade, 140, em Santa Cecília, centro de São Paulo. Os criminosos serão qualificados e, em seguida, devem ser encaminhados ao 23º Distrito Policial, em Perdizes, o mais próximo da ocorrência.

JULIANA DIÓGENES, Estadão Conteúdo

15 de março de 2015 | 18h49

Por volta das 16h deste domingo, um homem armado com uniforme da empresa rendeu os vigilantes e anunciou o roubo, de acordo com informações da Polícia. Com a chegada da PM, dois criminosos conseguiram fugir, mas logo foram surpreendidos com outra viatura que se aproximava da ocorrência. Na fuga, houve confronto. Um dos assaltantes foi ferido, socorrido e morreu no Pronto-Socorro. O outro foi detido no local.

A Polícia não divulgou o nome da empresa de transporte de valores, dos vigilantes ou dos criminosos. Um helicóptero Águia da Polícia Militar chegou a sobrevoar o local, mas foi embora.

Mais conteúdo sobre:
assaltocarro-forte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.