Shawn Thew/EFE
Shawn Thew/EFE

Barack Obama diz que economia vem antes do clima

Presidente americano discutirá a mudança climática com cientistas, engenheiros e políticos nas próximas semanas

WASHINGTON, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2012 | 02h08

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reeleito para o segundo mandato, afirmou na quarta-feira, 14, que, apesar de reconhecer que seu país ainda não agiu a contento para deter o avanço do aquecimento global, o crescimento econômico continuará sendo prioridade.

"Não fizemos tanto quanto precisávamos" para frear a mudança climática, disse Obama, acrescentando que sua administração discutirá o problema com cientistas, engenheiros e políticos nas próximas semanas. "Mas se a mensagem é de que vamos ignorar a geração de empregos e o crescimento simplesmente para combater a mudança climática, acho que ninguém apoiaria isso. Eu não apoiaria isso."

Obama reconheceu que o impacto do aquecimento global será alto e que as ações para reduzir o carbono na atmosfera pedem grandes investimentos. Ou seja, combater o problema será uma tarefa política muito difícil. "Vocês podem ter certeza de que ouvirão mais de mim nos próximos meses e anos sobre como formaremos um plano que garanta apoio bipartidário." / AP e REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.