Barbosa acata pedido para reter passaportes de condenados no mensalão

O relator da ação penal do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, aceitou nesta quarta-feira o pedido do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, para que os réus condenados no processo entreguem seus passaportes à Justiça.

Reuters

07 de novembro de 2012 | 21h03

O pedido foi feito no fim de outubro e sua análise cabia ao relator do processo, mas a decisão só aconteceu nesta quarta-feira porque Barbosa estava fora do país em tratamento de saúde.

A devolução dos documentos de viagem, para evitar que os réus deixem o país, é voluntária.

O advogado do empresário, Marcos Valério, considerado o principal operador do esquema, afirmou nesta quarta-feira que seu cliente já entregou o passaporte à Justiça em 2005.

O escândalo do chamado mensalão, um esquema em que parlamentares receberiam dinheiro em troca de apoio político ao governo no Congresso, foi deflagrado em 2005 no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

(Reportagem de Ana Flor)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICASTFPASSAPORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.