Barça mais perto. Liverpool cai

Time catalão nem precisou de Messi e Ibra para bater a Inter de Milão (2 a 0). Ingleses são eliminados

BARCELONA, O Estadao de S.Paulo

25 de novembro de 2009 | 00h00

Mesmo sem Messi nem Ibrahimovic, o time do Barcelona foi superior à Internazionale e reverteu a seu favor a situação no Grupo F da Copa dos Campeões. Ao vencer por 2 a 0, ontem, no Camp Nou, o time catalão ultrapassou na chave a rival de Milão: assumiu a liderança, enquanto a equipe italiana caiu para a segunda posição. Além de perder a partida, a Inter ainda foi alcançada em pontos pelo Rubin Kazan, que apenas empatou em casa sem gols com o Dínamo de Kiev.

Desfalcado de suas estrelas maiores, o Barcelona abriu o placar logo aos 10 minutos, por meio de Piqué, e arrematou a conta ainda na primeira etapa, com Pedro, aos 26. A Inter decide a permanência na competição em casa, contra o Rubin, enquanto o Barça vai a Kiev na última rodada da fase de grupos.

Quem deu adeus à Copa dos Campeões ontem foi o Liverpool. Pelo Grupo E, os ingleses venceram fora de casa o lanterna Debrecen por 1 a 0, mas, para seguir com chances, dependiam de tropeço da Fiorentina, algo que não ocorreu. O time italiano bateu, em Florença, o já classificado Lyon pela contagem mínima e também assegurou vaga nas oitavas de final (confira acima os resultados dos demais jogos de ontem).

DIA DE PATO E RONALDINHO

Escorado na boa fase de Ronaldinho Gaúcho e de Alexandre Pato, o Milan vai a campo hoje em busca de uma vitória que lhe garanta na fase de mata-mata. O time italiano recebe, às 17h15, no San Siro, o Olympique de Marselha. Os italianos lideram o Grupo C com os mesmos sete pontos do Real Madrid, mas levam vantagem no confronto direto (primeiro critério de desempate). Os franceses vêm a seguir, com um ponto a menos.

Às 17h45, o Real recebe o Zurich, lanterna da chave, em Madri. Caso vença, também assegura passagem às oitavas de final. O craque português Cristiano Ronaldo, voltando de lesão, foi relacionado e deve ficar no banco.

No Grupo D, a briga entre Porto e Chelsea é para ver quem fica com a primeira colocação. Ambos já estão classificados e os ingleses chegam para o confronto de hoje com um ponto de vantagem sobre os portugueses, que jogam em casa.

A Juventus, dos brasileiros Diego e Felipe Melo, tem a missão de derrotar o Bordeaux, na França, para também assegurar lugar nas oitavas. Os franceses lideram o Grupo A: têm 10 pontos contra 8 dos italianos. O Bayern de Munique (4) corre por fora e recebe o Maccabi Haifa.

Pelo Grupo B, o CSKA recebe o Wolfsburg e o Manchester United, o Besiktas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.