Barueri adota estratégia sui generis e reduz o gramado

Treinador diminui campo para melhorar desempenho do time, que recebe o Palmeiras hoje

Sandro Villar, O Estadao de S.Paulo

21 de janeiro de 2010 | 00h00

PRESIDENTE PRUDENTE

O Palmeiras conhece bem Presidente Prudente. No ano passado, enfrentou o Corinthians três vezes no Estádio Eduardo José Farah, o Prudentão, e saiu invicto: uma vitória e dois empates. Hoje, às 21 horas, enfrenta o Barueri em sua nova casa, repaginada. A pedido do técnico Vinicius Eutrópio, as medidas do gramado diminuíram para beneficiar o time.

O treinador do Barueri acha que o gramado reduzido ajuda a melhorar uma equipe que está desentrosada e sem condicionamento físico. Eutrópio lembra que só teve 15 dias para treinar o time e, com um campo menor, os jogadores não terão tantas dificuldades no posicionamento. "O nosso tempo de preparação é curto, o time teve as maiores mudanças, temos 90% de desvantagem em relação aos adversários que estão mais entrosados. O campo menor desgasta menos e facilita o entrosamento", avaliou.

A diretoria atendeu o técnico e solicitou à prefeitura a redução das dimensões do gramado, que passou a ter 104 metros de comprimento por 70 de largura. Até então as medidas eram 110 metros de comprimento por 75 de largura. Depois que terminar o Campeonato Paulista o campo poderá voltar a ter as dimensões de antes. "A gente estará mais condicionado depois do Paulista", previu Eutrópio.

O torcedor estará mais longe dos jogadores a partir de hoje. A distância que separava o alambrado do gramado era de 7,5 metros nas proximidades da bandeirinha de escanteio. "Agora, aumentou para quase 13 metros", explicou o secretário de Obras de Presidente Prudente, Alfredo Penha. "No Brasil, apenas o Maracanã tem gramado com as dimensões do Prudentão."

BOA NOTÍCIA

A redução do gramado foi bem recebida pelos jogadores. O campo maior cansa mais, segundo o volante Marcos Assunção, apontado como o craque do Barueri. Mas, se o jogador estiver bem preparado, "é indiferente o tamanho do campo", segundo ele. "Quem tiver mais a posse de bola corre menos. Para começo de temporada facilita bastante (a redução)", afirmou.

O Palmeiras também pode tirar proveito das novas medidas do gramado, pois teve um tempo menor para treinar do que o adversário - dez dias - e ainda está se entrosando.

Muricy Ramalho acredita que terá a torcida ao seu lado, apesar de o mando de jogo ser do Barueri. "Presidente Prudente é uma praça nova para trazer público e a torcida está sempre com os grandes clubes", afirmou. "Com certeza nosso torcedor vai aparecer e vamos nos sentir em casa. Só a distância (da viagem) não é fácil."

BARUERI: Márcio; Éder, Daniel Marques, Diego e Jefferson; Anderson, Marcos Assunção, Marcelo Oliveira e Carlos Eduardo; Flavinho e Willian.

Técnico: Vinícius Eutrópio.

PALMEIRAS: Marcos; Figueroa, Léo, Danilo e Armero; Pierre, Márcio Araújo, Deyvid Sacconi e Cleiton Xavier; Diego Souza e Robert.

Técnico: Muricy Ramalho.Juiz: Paulo Cesar de Oliveira.

Local: Eduardo José Farah.SporTV 21 horas

Eldorado/ESPN - AM 700

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.