Barueri decide afastar goleiro Renê e atacante Val Baiano por 'mala branca'

O Barueri decidiu ontem afastar por tempo indeterminado o goleiro Renê e o atacante Val Baiano, que revelaram ter recebido "mala branca" no jogo contra o Flamengo, na quarta-feira.

Anelso Paixão, O Estadao de S.Paulo

31 Outubro 2009 | 00h00

Ambos estão fora já do duelo de hoje, contra o São Paulo, às 18h30, no Morumbi. A razão seria o fato de que o jogo de hoje, a exemplo do de quarta-feira passada, é contra um adversário diretamente envolvido na disputa do título do Brasileiro. O resultado interessa a Palmeiras, Atlético-MG, Inter, Cruzeiro e Flamengo, outros concorrentes.

A diretoria passou boa parte da tarde de ontem em reunião, enquanto os jogadores estavam concentrados no Centro de Treinamento. A decisão de afastar os atletas, de acordo com a assessoria de imprensa, foi para poupar a imagem de ambos e do próprio clube, já que seriam alvo de especulações na partida. Uma nova reunião, na semana que vem, vai definir se permanecem fora do time ou não.

O problema teria sido a entrevista do atacante Val Baiano, autor de um dos gols contra o Flamengo na quarta-feira. "O Cruzeiro nos deu essa gratificação, mas, independentemente do dinheiro, a gente entrou para vencer." O goleiro Renê acompanhou. "O fim de ano está aí e queremos engordar nossa conta."

Entre os profissionais envolvidos com o futebol, porém, o fato tem sido considerado normal. Ontem, o técnico Mano Menezes, do Corinthians, comentou, até mesmo, que uma grande equipe do futebol brasileiro, que acumulou seguidos títulos no últimos anos, recorre a isso com frequência. O técnico, porém, se recusou a dizer o nome desse clube.

"É algo muito velho no futebol. Tem muita gente que faz isso todo ano e ganha campeonato, mas faz menos barulho. Talvez porque faça de maneira mais eficiente", disse o técnico. "O objetivo do futebol é vencer e, quando alguém dá um incentivo para isso, não vejo problema."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.