Base de telefonia móvel cresce 0,78% em junho sobre maio--Anatel

A base de assinantes de serviços de telecomunicações móveis no Brasil cresceu 0,78 por cento em junho sobre maio, para 185,1 milhões de usuários, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

REUTERS

15 Julho 2010 | 15h58

Apenas em junho foram 1,4 milhão de habilitações. Agora, 95,92 de cada 100 habitantes possuem celular no país.

No acumulado do primeiro semestre, o total de adições de usuários foi de 11,2 milhões, segundo maior número para o período da série histórica da Anatel, que tem início em 2000, atrás apenas de 2008, com 12,2 milhões de novos acessos de janeiro a junho daquele ano.

Do total de acessos móveis, 82,3 por cento são pré-pagos e os demais 17,7 por cento de pós-pagos.

A Vivo, controlada por Telefónica e Portugal Telecom, ficou com participação de mercado de 30,24 por cento em junho, com um total de quase 56 milhões de clientes.

Em seguida está a Claro, da mexicana América Móvil, com market share de 25,3 por cento, equivalente a 46,9 milhões de usuários.

A TIM Participações, da Telecom Italia, tinha no fim do junho participação de mercado de 24 por cento, ou 44,4 milhões de assinantes.

A Oi aparecia com 20,1 por cento dos assinantes de telefonia móvel no Brasil, com 37,2 milhões de clientes, segundo a Anatel.

(Reportagem de Cesar Bianconi)

Mais conteúdo sobre:
TELECOM ANATEL JUNHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.