Bava diz que Portugal Tel e Telefónica negociarão melhor saída

A Portugal Telecom e a espanhola Telefonica vão continuar as negociações buscando encontrar a melhor saída para ambas partes na brasileira Vivo, disse Zeinal Bava, presidente-executivo da operadora portuguesa.

REUTERS

08 Julho 2010 | 07h44

Sobre a decisão do Tribunal de Justiça Europeu, de declarar ilegal a 'golden share' do Estado na Portugal Telcom, ele adiantou: "é uma decisão que nos ultrapassa, não tem diretamente a ver com (a administração da) Portugal Telecom".

"Do meu ponto de vista e da direção da Portugal Telecom, nós temos de agir com base nos fatos. Os fatos são conhecidos e nós temos, acima de tudo, de olhar para a frente", afirmou a jornalistas durante uma conferência.

"Temos de ser pragmáticos (...) e encontrar a melhor saída para todas as partes", acrescentou.

O Tribunal de Justiça Europeu declarou hoje considerar ilegal a golden share que o Estado tem na Portugal Telecom, que foi usada na semana passada pelo governo para vetar a venda da fatia da Portugal Telecom na Vivo por 7,15 bilhões de euros, contrariando 74 por cento dos votos representados em uma Assembleia Geral.

Na quarta-feira, a Telefonica disse estar disposta a procurar soluções para concretizar a operação "de modo que as partes interessadas se sintam confortáveis", tendo a Portugal Telecom respondido que está "disponível para dialogar".

(Por Filipa Cunha Lima)

Mais conteúdo sobre:
TELECOM PORTUGALTEL VIVO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.