BBC acompanha polícia hondurenha em uma das cidades mais violentas do mundo

Guerra de quadrilhas e tráfico de cocaína aumentam número de assassinatos em San Pedro Sula.

BBC Brasil, BBC

17 de julho de 2012 | 11h21

Uma morte violenta a cada 74 minutos deu a Honduras o título de capital mundial de assassinatos.

Uma morte violenta a cada 74 minutos deu a Honduras o título de capital mundial de assassinatos.

A reportagem da BBC acompanhou a polícia na cidade de San Pedro Sula, uma das mais violentas do mundo.

Depois de encontrar mais um corpo com sinais de balas e tortura, os policiais da cidade contam que não existem recursos para investigações e, por isso, tem crescido a cultura da impunidade na região.

San Pedro Sula é a capital de negócios de Honduras.

Tudo parece normal na cidade, mas é possível notar que quase todas as empresas tem segurancas armados.

Os índices de violência aumentam todo mês e duas gangues rivais lutam pelo controle do tráfico de cocaína na cidade.

Ativistas que defendem os direitos humanos dizem que a polícia e a Justiça não funcionam e não há sequer peritos em número suficiente para examinar os corpos.

A cocaína é o grande problema de San Pedro Sula. Apreensões são uma exceção.

O governo promete combater o crime, mas admite não ter controle sobre a situação. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.