BCs brasileiro e chinês fecham acordo para troca de moedas de R$60 bi

O Banco Central informou nesta terça-feira que fechou acordo de troca de moedas locais (reais e iuanes) com o BC da China, com operações que não poderão ultrapassar o montante de 60 bilhões de reais (cerca de 30 bilhões de dólares), com operações por até 3 anos. O montante pode ser prorrogado de acordo com a vontade das partes.

Reuters

26 de março de 2013 | 08h10

O BC informou que a medida tem o objetivo de "facilitar o comércio bilateral entre os dois países".

Segundo resolução publicada pelo BC, e aprovada em reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional (CMN), "os valores em reais recebidos pelo Banco Popular da China serão creditados em conta especial de depósito aberta em seu nome no Banco Central do Brasil, sem remuneração ou acesso a crédito, cuja utilização será restrita às movimentações de recursos vinculadas à execução do contrato".

(Por Patrícia Duarte)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENSWAPCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.