Bebê abandonado em lata de lixo segue em estado grave em SP

Menina de sete meses tem infecção generalisada; famílias interessadas na adoção ainda não formalizaram pedido

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

04 de outubro de 2007 | 10h26

O bebê abandonado em uma lata de lixo em frente ao pronto-socorro do Hospital Antena, em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, continua internado na UTI Hospital Regional de Pirajuçara e seu estado de saúde é grave, segundo informações prefeitura do município. A menina de sete meses, que recebeu o nome de Ângela pela equipe médica, está entubada e apresenta quadro de infecção generalizada e corre risco de morte, segundo o último boletim médico divulgado às 18 horas de quarta-feira, 3. De acordo com a assessoria, as famílias que mostraram interesse em adotar a menina ainda não se manifestaram formalmente, não fornecendo dados pessoais nem ao Fórum nem sequer ao Conselho tutelar da cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
bebê abandonado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.