Bebê achada em lixeira em São Paulo passa bem

Recém-nascida estava com cordão umbilical amarrado com fio dental quando foi encontrada

Rita Cirne, estadao.com.br

01 Dezembro 2008 | 10h09

É bom o estado de saúde da recém-nascida encontrada no domingo numa lixeira no bairro Monteiro da Cruz, em Guarujá, informou nesta segunda-feira, 1º, o hospital para onde ela foi levada. O bebê foi socorrido por Zilda Lopes da Silva que, ao sair de casa, foi alertada por seu cachorro. A moradora ouviu o choro da criança e chamou a Polícia Militar, que levou o bebê para um pronto-socorro. A menina tinha o cordão umbilical amarrado com um fio dental e estava dentro de uma mochila. Depois dos primeiros socorros, foi levada para o Hospital Santo Amaro. A menina pesa 4,5 kg e está sendo submetida a exames de rotinas, segundo a assessoria de imprensa do hospital.

Mais conteúdo sobre:
violência bebê São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.