Bebê indígena é roubado de maternidade no Amapá

Um bebê indígena, da etnia Waiãpi, foi roubado ontem de uma maternidade do governo do Estado em Macapá (AP). O bebê nasceu às 4h30 e foi levado à tarde por uma mulher que a polícia ainda não conseguiu localizar. Imagens do circuito interno mostram a suspeita saindo com o bebê pela porta da frente da maternidade, sem ser importunada por ninguém.

ALCINÉA CAVALCANTE, Agência Estado

11 de fevereiro de 2011 | 16h47

A maternidade - como os demais hospitais públicos do Estado - está sem segurança. O contrato com a empresa que fazia a vigilância das unidades terminou em dezembro e até agora não foi renovado, nem foi realizada uma nova licitação. Apenas um policial militar fica na porta do hospital.

Tudo o que sabemos sobre:
bebê indígenaroubomaternidadeAP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.