Bebês de tigre e de orangotango fazem amizade em zoológico

Um par de tigres de Sumatra com dois meses de idade tornou-se inseparável de dois jovens orangotangos, uma amizade que seria impensável na floresta tropical da Indonésia, hábitat natural das espécies.A ligação entre as macacas Nia e Irma, fêmeas de cinco meses, e os tigres Dema e Manis floresceu no Zôo Safári Taman, onde os animais compartilham um quarto n o berçário.Abandonados pelas mães pouco depois do nascimento, os quatro bebês agora brincam para depois dormir juntos, quando cansados. "Isto é incomum e jamais teria ocorrido na natureza", disse a zeladora do zoológico, Sri Suwarn. "Como bebês humanos, só querem saber de brincar".Os quatro vivem lado a lado há um mês, sem o menor sinal de hostilidade de parte a parte, afirmou ela. A amizade provavelmente não vai durar muito: quando os animais crescerem, os instintos de sobrevivência de cada espécie deverão se reafirmar, acredita a veterinária Retno Sudarwati. "Quando a hora chegar, teremos de separá-los", disse ela. "É triste, mas não podemos mudar a natureza. Tigres começam a comer carne aos três meses de idade".Tanto o tigre de Sumatra quanto o orangotango são espécies ameaçadas pelo encolhimento dos hábitats.

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2007 | 15h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.