Bellucci e Sá vencem em Valência; Melo desiste na Basileia

Jogando com outros parceiros, Thomaz Bellucci e André Sá estrearam com vitória na chave de duplas do Torneio de Valência, competição espanhola de nível ATP 250, nesta segunda-feira. Em outra competição que está sendo disputada nesta semana, na Basileia, Marcelo Melo desistiu de entrar em quadra, cansado após conquistar três títulos seguidos.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2015 | 17h49

Bellucci surpreendeu, ao lado do britânico Colin Fleming, ao eliminar os principais favoritos ao título da chave de duplas, o sul-africano Raven Klaasen e o norte-americano Rajeev Ram. Brasileiro e britânico venceram por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/4 e 10/4.

Na segunda rodada, equivalente às quartas de final, Bellucci e Fleming vão enfrentar a dupla vencedora do confronto entre Julian Knowle/Oliver Marach e Jonathan Marray/Aisam-Ul-Haq Pak Qureshi.

Andre Sá forma dupla com o australiano Chris Guccione na quadra dura de Valência. E nesta segunda eles venceram o jovem brasileiro Eduardo Russi Assumpção e o espanhol Mario Vilella Martinez por 6/1 e 6/2. Assumpção, de São Paulo, tem 20 anos, ocupa a 1008ª posição no ranking de duplas e entrou na chave à convite da organização.

Agora Sá, que vive boa fase no circuito, e Guccione aguardam o duelo entre Pablo Carreno Busta/Federico Delbonis e Lukasz Kubot/Leander, que formam a dupla cabeça de chave número dois da competição - Kubot foi campeão do Torneio de Viena ao lado de Marcelo Melo, no domingo.

SUÍÇA - Depois de vencer em Viena com Kubot, Marcelo Melo se inscreveu para disputar o Torneio da Basileia nesta semana, ao lado do seu parceiro habitual, o croata Ivan Dodig. No entanto, desistiu nesta segunda-feira depois de uma maratona de três títulos consecutivos no circuito - antes de ser campeão em Viena, venceu em Tóquio e Xangai nas duas semanas anteriores.

Os títulos garantiram ao brasileiro pontos suficientes para se tornar o número 1 do ranking individual de duplas na atualização a ser feita no dia 2 de novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.