Bentley se aproxima de clientes famosos com fim da Maybach

Samuel L. Jackson, Jay-Z e o rei da Espanha, Juan Carlos, podem, todos, esperar por cartas da Bentley, da montadora Volkswagen.

REUTERS

13 de janeiro de 2012 | 15h37

A fabricante britânica de automóveis de luxo está se aproximando de clientes da rival Maybach, que incluem a estrela do filme Pulp Fiction, o artista de hip-hop e o monarca espanhol, esperando capitalizar sobre o movimento da Daimler de eliminar a marca luxuosa.

"A saída da Maybach é uma oportunidade de negócios para nós e vamos usá-la", disse à Reuters o presidente-executivo da Bentley, Wolfgang Duerheimer, durante o Salão do Automóvel de Detroit, nesta semana.

A Daimler disse em novembro que planeja encerrar a produção de veículos Maybach, que custam a partir de 380 mil dólares, apesar de um apoio pouco comum de personalidades como Jay-Z, que possui um dos carros e destruiu outro com um maçarico e uma serra em um video de música lançado há quatro meses.

Um dos mais potentes símbolos de riqueza do mundo, a condenada marca também contabiliza o bilionário do petróleo Roman Abramovich e o sultão de Brunei entre seus seguidores.

O chefe da Bentley já teve respostas de alguns clientes e está "em processo" de escrever para outros, disse. "Os comentários que venho recebendo não são muito positivos -eles se sentiram deixados para trás".

Sob o presidente-executivo Dieter Zetsche a Daimler está centrando foco sobre luxuoso S-Class, da marca Mercedes.

A Daimler não quis comentar a iniciativa da Bentley, mas disse que o fechamento da Maybach não vai afetar a disponibilidade de peças e assistência para os veículos.

(Por Laurence Frost)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSBENTLEYFAMOSOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.