Bento XVI pede perdão por pedofilia em público

Pela primeira vez, o líder da Igreja Católica pediu perdão em público pelos casos de pedofilia que ocorreram dentro da instituição. "Imploramos insistentemente pelo perdão de Deus e de todas as pessoas afetadas e prometemos fazer todo o possível para assegurar que esse tipo de abuso nunca mais possa acontecer", disse o papa, durante missa na Praça de São Pedro à qual compareceram cerca de 15 mil sacerdotes.

AFP, O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.