Berlusconi diz que considera retorno político

O ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi disse nesta segunda-feira que está acompanhando a situação política de perto e que vai decidir qual rumo tomar depois que o resultado das primárias de seus adversários de centro-esquerda estiver decidido.

Reuters

26 de novembro de 2012 | 07h53

Na mais recente de diversas mudanças da posição, Berlusconi disse no fim de semana que estava considerando se iria ou não participar das eleições nacionais esperadas para março, tendo afirmado anteriormente que não iria concorrer.

Em uma entrevista com seu próprio Canale 5 nesta segunda-feira, Berlusconi não deu detalhes, mas disse que iria decidir o que fazer assim que ficar claro quem será o principal candidato da centro-esquerda nas eleições de 2013.

" Acredito que é certo para alguém que teve a honra de liderar o governo italiano por quase 10 anos refletir sobre o caminho para atingir esta modernização da Itália, esta revolução liberal", disse.

A primária da centro-esquerda para escolher o candidato que irá disputar a sucessão de Mario Monti como primeiro-ministro acontecerá no próximo final de semana.

O Giornale, jornal que pertence a família de Berlusconi, informou que ele está considerando montar um novo partido e que faria um pronunciamento esta semana.

(Reportagem de James Mackenzie)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIABERLUSCONIRETORNO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.