Berlusconi pede voto de confiança ao Parlamento

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, pediu nesta quinta-feira um voto de confiança do Parlamento, numa estratégia para mostrar que ainda tem o apoio da maioria dos parlamentares. Ele afirmou que o país terá de enfrentar uma crise catastrófica e eleições antecipadas se a moção de apoio ao governo for derrotada.

REUTERS

13 Outubro 2011 | 07h22

O líder da Liga Norte, Umberto Bossi, com quem Berlusconi manteve atritos recentemente, declarou que dará um voto de confiança ao governo e elogiou o primeiro-ministro por seu pronunciamento "convincente" no Parlamento.

Berlusconi, que depende do apoio da Liga Norte para obter o apoio parlamentar, disse que sua coalizão de centro-direita está unida "apesar dos acidentes ao longo do percurso" e a Itália continua comprometida a equilibrar o orçamento até 2013.

(Reportagem de Deepa Babington e Philip Pullella)

Mais conteúdo sobre:
ITALIA BERLUSCONI VOTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.