BHP adia investimento de US$20 bi após queda de 35% no lucro

A mineradora global BHP Billiton adiou nesta quarta-feira a expansão de 20 bilhões de dólares do projeto de cobre Olympic Dam e avisou que não aprovará grandes projetos até junho de 2013 por causa dos crescentes custos de capital.

Reuters

22 de agosto de 2012 | 07h27

A BHP teve queda de 35 por cento no lucro do segundo semestre fiscal e a primeira retração no lucro anual em três anos por conta do recuo dos preços das commodities em decorrência do menor crescimento na China, marcando uma temporada desastrosa para as maiores mineradoras do mundo.

A expansão do projeto Olympic Dam --quarto maior depósito de cobre conhecido no mundo e a maior fonte de urânio-- era um dos três megaprojetos que a BHP deveria levar para aprovação final do conselho em dezembro deste ano, em um investimento de 80 bilhões de dólares que a companhia sinalizou que deve desacelerar.

"O que mudou foi o custo de capital da construção, o que mudou é que depois de Fukushima há uma perspectiva diferente para produtos como urânio, o preço do ouro mudou", disse o presidente-executivo da mineradora, Marius Kloppers, a jornalistas.

"Há uma série (de mudanças), mas a maior importante é que os o custos de capital subiram, algo que é um fenômeno de toda a indústria."

O lucro atribuível a acionistas do segundo semestre antes de itens extraordinários caiu para 7,16 bilhões de dólares, ante 10,98 bilhões um ano antes, calculou a Reuters com base nos resultados anuais.

O lucro do ano até o fim de junho caiu para 17,1 bilhões de dólares, ante 21,7 bilhões de dólares um ano antes.

Na atividade mais importante da BHP Billiton, a produção de minério de ferro, a demanda mais fraca da China afetou os resultados da companhia. A maior produtora da commodity no mundo, a Vale, divulgou no mês passado o pior resultado trimestral em dois anos.

Mais conteúdo sobre:
MINERACAOBHPINVESTIMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.