Bilhete único mensal tem 2 cadastramentos por minuto

A São Paulo Transporte (SPTrans) informou na manhã desta segunda-feira já ter recebido 1.400 pedidos de cadastro para o novo bilhete único mensal, que deverá estar funcionando a partir de novembro. O cadastro começou à zero hora desta segunda.O valor proposto do bilhete (R$ 140) deverá sofrer reajuste quando a passagem do ônibus subir, o que deve ocorrer em junho. O novo bilhete vai permitir que o passageiro use o ônibus quantas vezes quiser e, pelo preço anunciado, será vantajoso para quem faz mais de 46 viagens de ônibus por mês.

BRUNO RIBEIRO, Agência Estado

15 de abril de 2013 | 12h12

Para utilizá-lo, é preciso fazer um cadastro no site da SPTrans, enviando informações pessoais, como número do RG e do CPF, e uma foto 3x4 com um tamanho máximo de 30 kilobytes, em formato JPG. A imagem será estampada no cartão personalizado. A integração do novo cartão com as redes de trem e de metrô, no entanto, ainda é duvida: o governo do Estado diz que, no que depende das tecnologias envolvidas na mudança, a integração não será problema. Mas ainda há duvidas sobre os arranjos financeiros que precisam ser feitos para que o transporte sobre trilhos se adapte à novidade.

Tudo o que sabemos sobre:
bilhete únicoSPSPTransp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.