Bilionário australiano planeja réplica do Titanic

Clive Palmer diz que projeto do novo barco, que será construído na China, está em fase final.

BBC Brasil, BBC

25 de agosto de 2012 | 14h18

Um bilionário australiano decidiu construir uma réplica do navio Titanic, que deverá começar a ser produzida na China até o final desse ano.

Clive Palmer, um empresário dos ramos de mineração e imobiliário, disse em entrevista exclusiva à BBC que o projeto do "Titanic 2" já está em estágio avançado.

"Eu quero homenagear todos os artesãos britânicos que fizeram um trabalho tão maravilhoso na virada do século, quero recriar seus projetos, suas ideias, para que o mundo possa aproveitar", disse.

A nova embarcação será 98% similar à original, que afundou após colidir com um iceberg há 100 anos.

As diferenças estão relacionadas a questões de segurança e a detalhes modernos como ar-condicionado nas cabines.

Experiência histórica

"Para os passageiros será exatamente como a experiência do Titanic, mas no fundo do navio teremos uma forma mais abaulada, para que ele tenha melhor flutuação e eficiência energética", afirmou Palmer.

O Titanic 2 terá 4 metros a mais de comprimento para ter mais estabilidade e um deck extra para melhorar a visibilidade.

Além disso, ele usará diesel, não carvão, como combustível e terá o número de botes salva-vidas previsto pelos padrões internacionais.

"Acho que quando se chega à minha idade você quer construir um barco ou fazer uma viagem de férias, então eu quis construir o barco. Mas é mais do que isso. Eu tive muito sucesso nos negócios e tenho dinheiro suficiente para construir um Titanic, então por que não?", diz o australiano.

Ele afirma ainda que quis construir o barco para fazer com que as pessoas "sejam felizes" e possam "experimentar a História".

"Já temos 40 mil pessoas querendo comprar passagens. É um barco que terá a mesma planta do Titanic, com as mesmas cabines do Titanic original. Se você quiser ir na terceira classe, comer batatas e cozido irlandês, dançar com uma banda irlandesa, você poderá."

A primeira viagem do novo Titanic deve acontecer em 2016. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.