Bispo em greve de fome bebe água do São Francisco

O bispo de Barra, na Bahia, Luiz Flávio Cappio, de 61 anos, que iniciou ontem uma nova greve de fome em protesto contra as obras de transposição do rio São Francisco, disse, em entrevistas a rádios da capital paulista, que está bebendo água filtrada do rio São Francisco. O religioso, que mora atualmente à beira do São Francisco em Sobradinho, ressaltou que a "água do rio no município é muito boa e que é filtrada antes de ser tomada".Cappio salientou que outros bispos deram apoio à sua causa e que "como Jesus que deu a vida por uma causa, ele também não tem medo e assim o fará, se for necessário". As últimas informações dão conta que ele passou bem a noite e que sua saúde é muito boa.O bispo acusa o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de "enganar" a população ao descumprir a promessa de discutir publicamente o projeto de transposição do São Francisco, o que foi contestado por autoridades do governo que informaram terem promovidos audiências públicas.

MILTON F.DA ROCHA FILHO, Agencia Estado

28 de novembro de 2007 | 08h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.