BlackRock vai adquirir US$ 80 milhões em ações do Twitter--fonte

A maior empresa mundial de gestão de ativos, a BlackRock, assumiu uma participação de 80 milhões de dólares no Twitter Inc, segundo informou na sexta-feira uma pessoa a par do negócio.

GERRY SHIH, Reuters

26 de janeiro de 2013 | 10h07

O Twitter Inc, empresa de mídia social criada há seis anos, não vai vender novas ações no mercado, como parte do acordo privado que a valoriza em mais de 9 bilhões de dólares. A BlackRock vai comprar os papéis diretamente dos primeiros empregados do Twitter que buscam liquidar seus ativos em ações e opções.

A nova avaliação do Twitter demonstra um ligeiro aumento desde o final de 2011, quando a empresa realizou uma transação semelhante com o príncipe Alwaleed bin Talal, da Arábia Saudita, a qual fez com que a empresa tivesse uma valorização estimada em 8,4 bilhões de dólares.

O Twitter procurou investidores para uma outra oferta em meados do ano passado, na esteira da fracassada oferta pública inicial do Facebook Inc em maio, mas não concluiu o negócio até recentemente, segundo pessoas com conhecimento dos negócios da empresa.

Nos últimos anos, outras empresas de tecnologia, incluindo Facebook, Groupon Inc e SurveyMonkey, recorreram a transações similares para remover empregados do negócio e adiar uma oferta pública inicial de ações.

Há rumores de que o próprio Twitter faça uma oferta pública de ações dentro de dois anos.

Tudo o que sabemos sobre:
TECHTWITTERBLACKROCK*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.