Blitz antifumo multa ao menos 5 estabelecimentos de SP

Ao menos cinco dos 630 estabelecimentos fiscalizados pelo Procon e pela Vigilância Sanitária foram multados nesta madrugada durante as blitze nas primeiras horas de vigência da lei antifumo, que entrou em vigor à meia-noite em todo o Estado de São Paulo. De acordo com balanço parcial da Secretaria de Justiça, o Procon aplicou três multas em bares da capital paulista e a Vigilância Sanitária multou um estabelecimento em Barretos e um em Presidente Prudente, ambas no interior.

FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

07 Agosto 2009 | 11h37

Pela lei, os estabelecimentos de uso coletivos, fechados ou parcialmente fechados, flagrados com clientes fumando pagarão multa de R$ 792,50. O valor dobra em caso de reincidência. Caso o estabelecimento seja flagrado pela terceira vez, terá o alvará suspenso por 48 horas. Na quarta, a interdição será de um mês. A Secretaria Estadual de Saúde deve divulgar o balanço total das blitze hoje à tarde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.