Blitz autua 19 motoristas por embriaguez em SP

Cerca de 160 pessoas passaram pelo teste; nenhuma tinha níveis de álcool acima de 0,30 mg

Ricardo Valota, estadao.com.br

06 Dezembro 2008 | 13h09

Um total de 19 motoristas foram atuados por embriaguez ao volante entre a noite deste sábado, 6, e a madrugada de domingo, 7, intervalo no qual a Polícia Militar realizou blitz da lei seca no Sacomã, Ipiranga e Saúde, na zona sul, e Freguesia do Ó, Imirim e Tucuruvi, na zona norte da capital paulista. Foram submetidas ao teste do bafômetro 160 pessoas. Como nenhuma se recusou a fazer o teste nem apresentava mais que 0,30 mg de álcool por litro de ar expelido, ninguém foi encaminhado ao Distrito Policial da região. Pela lei, quem for pego com índice entre 0,1 a 0,30 mg paga uma multa de R$ 957,20 e corre o risco de ter a carteira de habilitação suspensa de 12 a 24 meses. Acima de 0,3 mg, além de pagar a multa e correr o risco de perder a habilitação, o infrator é levado para a delegacia, responde criminalmente, podendo pegar uma pena que varia de 6 meses a 3 anos, além de só ser liberado para responder em liberdade após pagar uma fiança de R$ 300 a R$ 1.200.

Mais conteúdo sobre:
lei seca blitz São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.