Blogueiros antecipam debate sobre credibilidade na internet

Evento debate polêmica criada pela campanha do estadao.com.br, que será discutida nesta quarta-feira

Elisangela Roxo e Rodrigo Martins, do Estadão,

27 Agosto 2007 | 09h38

O Blogcamp acaba de terminar e durante os dois dias do evento a palavra que mais se falou foi "Estadão". Embora para os blogueiros a polêmica em torno da campanha publicitária tenha esfriado e nenhum grupo de discussão tenha se formado para debater a respeito, o assunto surgia em todas as seções da "desconferência". O tema principal do encontro foram as formas de se ganhar dinheiro com os blogs, tratadas pelos participantes como "ferramentas de monetização".   Veja também:  Evento discute como aumentar a popularidade dos blogs  Blogueiros se reúnem para discutir profissionalização   A polêmica envolvendo o estadao.com.br surgiu no início do mês a partir da campanha para anunciar a reformulação do site. Uma das peças criadas pela agência Talent mostrava um macaco-blogueiro em frente a um computador. Os blogueiros se sentiram atingidos e reagiram postando textos e comentários com críticas à campanha. A repercussão colocou em pauta a credibilidade dos blogs em relação às publicações tradicionais, como sites jornalísticos, jornais e revistas.   "Não agüento mais essa discussão do estadao.com.br no Blogcamp", afirmou a publicitária Roberta Zouain, de 24 anos, do blog Pack2go. Ela chegou a fazer um cartaz que dizia "Estamos há 3 minutos sem falar no estadao.com.br". "O recorde no evento foi de 5 minutos", ri. Para o blogueiro profissional Tiago Dória, de 27 anos, do Tiagodoria, a campanha foi irrelevante. "Acredito que não havia necessidade de tanta polêmica sobre isso."   A discussão deve continuar. Nesta quarta-feira, dia 29, ocorre a mesa-redonda Responsabilidade e Conteúdo Digital, que reunirá blogueiros, publicitários e os responsáveis pela campanha do Portal. O encontro será transmitido ao vivo pela TV Estadão (inscrições neste link). Durante o Blogcamp, os blogueiros também criticaram a realização do debate e mostraram dúvidas quanto à validade da iniciativa.   Segundo um dos profissionais mais respeitados do evento, Carlos Cardoso, de 37 anos, do Blogdocardoso, "deveriam ter convidado para o debate blogueiros mais experientes, como o Edney Souza (do Interney.net) ou Alexandre Inagaki (do Interney.net/blogs/inagaki) porque os que vão são muito novos". Ele acredita que Carlos Merigo, do Brainstorm9, e Bruna Calheiros, do Sedentário e Hiperativo, podem ter dificuldade em defender o ponto de vista da blogosfera.   O publicitário Wagner Tamanaha, de 42 anos, do Colmeia, concorda que a escolha dos debatedores foi equivocada. "Como os convidados da blogosfera também são publicitários, há o risco da discussão ser apenas sobre o mercado", diz.   Mas a crítica ao debate não foi unânime entre os blogueiros que participaram do Blogcamp. "Acho que a conversa pode ser engraçada", disse o jornalista André Rosa de Oliveira, de 30 anos, mais conhecido na blogosfera como Marmota. "Colocar frente a frente quem criticou os blogueiros e quem foi criticado deve dar uma conversa interessante."

Mais conteúdo sobre:
Blogs Web Publicidade Jornalismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.