BNDES aprova R$ 32 mi para teste de vacinas do Butantã

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou hoje que aprovou apoio financeiro no valor de R$ 32 milhões à Fundação Butantã para desenvolvimento e testes clínicos de vacinas para rotavírus, dengue e leishmaniose canina. O valor total do projeto é de R$ 37 milhões e a participação do BNDEs, por meio de recursos não reembolsáveis do Fundo Tecnológico (Funtec), é de 86% do investimento.As vacinas farão parte do Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. No caso da vacina para rotavírus, o desenvolvimento permitirá a substituição das importações. As pesquisas serão desenvolvidas no próprio Instituto, e com os novos produtos, o BNDES prevê a geração de 100 novos empregos diretos. O presidente do banco, Luciano Coutinho, esteve hoje no Butantã, onde assinou o contrato de concessão do apoio financeiro com o presidente do instituto, Isaías Raw.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.