BNDES prevê dezembro redentor para atingir meta de 2012

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) previu nesta quinta-feira que seus desembolsos podem ultrapassar 150 bilhões de reais em 2012, logo após ter divulgado números do acumulado do ano até novembro ainda distantes desta meta.

Reuters

27 Dezembro 2012 | 17h03

"Dezembro é um mês forte; podemos superar (a meta), dependendo do que acontecer entre hoje e amanhã", disse o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, a jornalistas, sem dar detalhes.

Mais cedo, o banco de fomento informara que suas liberações de financiamento no ano até novembro somaram 121,8 bilhões de reais, uma alta de 3 por cento ante o mesmo período de 2011.

Mas, para atingir a meta para o fechado do ano, o banco teria que fazer em dezembro quase 30 bilhões de reais, acima da média de 11 bilhões de reais por mês até novembro.

Nesta quinta-feira, Coutinho assinou a liberação de 1,9 bilhão de reais para o programa de transportes do governo paulista, especialmente o projeto de expansão da Linha 5 (Lilás) do Metrô.

DESEMPENHO SETORIAL

De acordo com o BNDES, empresas industriais ficaram com 34 por cento do total (41,4 bilhões de reais), enquanto a fatia do setor de infraestrutura foi de 33 por cento (40,2 bilhões de reais).

O segmento de comércio e serviços (30,3 bilhões de reais) teve participação de 25 por cento das liberações e a agropecuária tomou 8 por cento do montante (9,9 bilhões de reais).

No acumulado de doze meses até novembro, os desembolsos somaram 142,7 bilhões de reais, com avanço de 7 por cento na comparação com igual período anterior.

(Por Diogo Ferreira e Aluísio Alves)

Mais conteúdo sobre:
BANCOS BNDES ATUADOIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.