BNDES vê investimentos de US$2 tri no Brasil em quatro anos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estima que o total de investimentos no Brasil nos próximos quatros anos fique perto de 2 trilhões de dólares, disse nesta terça-feira o presidente do banco de fomento, Luciano Coutinho.

REUTERS

22 de fevereiro de 2011 | 11h38

"A crise global de 2008 para 2009 afetou um pouco os planos de investimentos, mas rapidamente os planos de investimento se recuperaram", afirmou Coutinho durante o 1o Fórum Mercado de Capitais Brasil-China, promovido pela BM&FBovespa.

Entre as indústrias, Coutinho citou a importância dos setores de petróleo e gás, petroquímica e papel e celulose. Em infraestrutura, ele mencionou previsão de fortes investimentos em logística e energia.

O presidente do BNDES reafirmou a intenção do banco de reduzir sua participação relativa no financiamento de investimentos no país, após a instituição ter elevado seu peso em meio à crise econômica mundial.

"Se tomarmos 2009 como base, (quando) o mercado (de capitais) encolheu muito, provavelmente melhorou um pouco em 2010. Mas a parcela do financiamento de longo prazo suprida pelo mercado de capitais precisa aumentar", afirmou.

Ele disse, ainda, que o Brasil tem condições de "crescer nos próximos anos com equilíbrio e sustentação da estabilidade".

(Por Cesar Bianconi)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBNDESDOISTRI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.