BNY Mellon obtém licença do BC para atuar como banco comercial no BR

O banco norte-americano BNY Mellon, que atua em gestão de investimentos e outros serviços relacionados, recebeu licença do Banco Central para atuar como banco comercial no Brasil, informou a instituição em nota nesta sexta-feira.

Reuters

09 de novembro de 2012 | 10h43

O banco passará, inicialmente, a oferecer serviços de custódia para investidores não-residentes e fundos de private equity, assim como depósitos e serviços de garantias a agências, através do negócio de "corporate trust".

"O Brasil representa uma das nossas mais importantes estratégias de mercado globalmente e a nova licença bancária vai melhorar significativamente nossa capacidade de cumprir as necessidades de nossos clientes", afirmou o presidente-executivo e do conselho do banco, Gerald Hassell, em comunicado.

O BNY Mellon tem mais de 500 funcionários em seus escritórios no Rio de Janeiro e em São Paulo.

(Por Sérgio Spagnuolo)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBNYMELLONBCLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.