Boato no Twitter de cancelamento mobiliza PF

Um boato dando conta do cancelamento da prova do Enem, veiculado na manhã de ontem no Twitter e desmentido pelo Ministério da Educação (MEC), foi o incidente mais grave registrado no País antes do início do exame, às 13h. A Polícia Federal foi acionada pelo MEC para investigar o boato. A informação falsa, segundo o MEC, partiu do perfil chamado Chora Minha Nega (@gui_pangua), às 10h08, com a hashtag #Enem2012Cancelado. Por e-mail, ele diz se chamar Guilherme e ter 20 anos. Ele alega que o boato partiu de outro perfil, Vovó da Fiel (@Vovo_Panico), postado às 2h12: "GALERA!!! Avisem os Amigos que o Enem foi cancelado... Descobriram uma fraude agora! #ENEMcancelado" (sic). Além disso, foram registrados problemas pontuais - como de alunos atrasados que tentaram entrar após o fechamento dos portões.

O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2012 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.