Bolsa do Japão lidera baixa em dia misto para mercados na Ásia

O Japão liderou as quedas nos mercados acionários da Ásia nesta quinta-feira, depois que o iene atingiu o nível mais alto em cinco meses ante o dólar, com investidores fugindo do risco por preocupações sobre a saúde da economia global. Outras bolsas da região terminaram o dia em alta.

LINCOLN FEAST, REUTERS

09 Julho 2009 | 08h22

"O otimismo com as perspectivas para a economia mundial tinha subido demais... E vai levar um tempo antes de vermos uma recuperação", disse o economista Akitsugu Bandou, da Okasan Securities.

Contudo, as bolsas europeias interrompiam um ciclo de cinco quedas seguidas, ajudadas pelo rali no final da quarta-feira em Wall Street e por esperanças de que a temporada de resultados corporativos do segundo trimestre não será tão ruim como se temia.

O índice Nikkei, de Tóquio, caiu 1,38 por cento, a 9.291 pontos, na sétima desvalorização consecutiva e no menor nível de fechamento em sete semanas.

O Nikkei já caiu quase 9 por cento desde seu pico em meados de junho, com o iene mais forte derrubando ações de grandes exportadoras.

Às 7h40 (horário de Brasília), o índice MCSI que reúne as principais bolsas da região Ásia-Pacífico, exceto Japão, avançava 0,38 por cento, para 315 pontos.

A bolsa de SYDNEY caiu 0,12 por cento, enquanto TAIWAN avançou 1,2 por cento e CINGAPURA ganhou 2,12 por cento.

As ações negociadas em XANGAI avançaram 1,37 por cento e em SEUL terminaram praticamente estáveis, com queda de 0,01 por cento. O mercado de HONG KONG subiu 0,39 por cento.

Mais conteúdo sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.