Bolsas dos EUA avançam com extensão de ajuda a montadoras

Os mercados de ações norte-americanos finalizaram a terça-feira em alta, depois que o governo local estendeu o plano de ajuda a montadoras do país, alimentando esperanças que novas medidas podem ser tomadas para aliviar os efeitos da recessão. A administração de George W. Bush informou no final da segunda-feira que irá estender uma ajuda adicional de 1 bilhão de dólares para a General Motors e 5 bilhões de dólares para a financeira da montadora, GMAC, no último pacote de ajuda para melhorar a crise do crédito. "A notícia sobre a GMAC foi o principal condutor", disse Steve Sachs, diretor de negócios do Rydex Investments. "O governo tem dito a nós por meses que eles vão fazer o que tiver de ser feito". As ações da GM subiram 5,56 por cento, enquanto as da Ford avançaram 3,15 por cento. O índice Dow Jones subiu 2,17 por cento, aos 8.668 pontos. O Standard & Poor's 500 ganhou 2,44 por cento, a 890 pontos. O Nasdaq teve valorização de 2,67 por cento, a 1.550 pontos. O setor financeiro liderou os ganhos do S&P 500. O índice do setor financeiro deu um salto de 4,1 por cento. A esperança com o pacote a montadoras ofuscou as notícias ruins da economia, incluindo a de que os preços de moradias tiveram uma queda recorde de 18 por cento em outubro, enquanto o índice de confiança do consumidor atingiu novo recorde de baixa. (Reportagem de Rodrigo Campos)

REUTERS

30 Dezembro 2008 | 20h32

Mais conteúdo sobre:
BOLSAEUA FECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.