Bomba explode em estação de ônibus lotada no nordeste da Nigéria, dizem testemunhas

Uma bomba explodiu em uma estação de ônibus lotada na cidade do nordeste nigeriano Damaturu, no domingo, causando baixas em uma região que tem sido frequentemente atacada por militantes islâmicos, disseram testemunhas.

REUTERS

15 Fevereiro 2015 | 10h55

A testemunha Adamu Muhammad disse ter ouvido um forte barulho e as pessoas que estavam na área da estação em Damaturu ficaram "em pânico."

Ele disse que havia muitas mortes, embora não soubesse quantas. Representantes militares nigerianos não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto. Ninguém reivindicou o ataque, que trazia as marcas do grupo insurgente islâmico Boko Haram.

No sábado, militantes fortemente armados do Boko Haram atacaram e tentaram invadir a cidade nigeriana Gombe, mas mais tarde foram repelidos.

A insurreição violenta do Boko Haram por um estado islâmico já matou milhares de pessoas, desestabilizou o nordeste da maior economia da África e está cada vez mais fazendo o mesmo com os vizinhos Camarões, Chade e Níger. Esses países agora estão lutando em um esforço regional para esmagar o grupo militante.

A insurgência também lançou dúvidas sobre a liderança de Oresident Goodluck Jonathan, que é visto por não ter feito o suficiente para contê-la ou proteger os civis, centenas dos quais foram sequestrados.

A Nigéria adiou por seis semanas uma eleição presidencial que tinha sido marcada para ser realizada no dia 14 de fevereiro, citando a ameaça à segurança por parte do Boko Haram.

(Reportagem de Ardo Abdallah e Joe Hemba)

Mais conteúdo sobre:
MUNDO NIGERIA EXPLOSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.