Bomba fere quatro pessoas em estrada no sudeste da Turquia

Uma bomba colocada na estrada, que se acredita ter sido plantado por militantes curdos, deixou quatro civis feridos no sudeste da Turquia no domingo, disseram fontes de segurança.

REUTERS

30 Outubro 2011 | 13h36

O carro das vítimas atingiu a bomba na estrada entre Sirnak e Cizre, uma cidade perto da fronteira da Turquia com o Iraque e a Síria. A polícia também encontrou uma bomba a ser acionada por controle remoto em outra estrada que segue ao norte do país, partindo de Sirnak, que foi destruída com uma explosão controlada.

Ataques a bomba nas estradas são comuns no sudeste, onde militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) têm travado uma insurgência separatista que já provocou a morte de mais de 40 mil pessoas desde que eclodiu em 1984.

No sábado, uma mulher-bomba matou três pessoas e feriu cerca de 20 em Bingol, uma cidade também na maioria curda do sudeste. A explosão ocorreu em uma casa de chá perto do escritório do partido governista AK na rua principal da cidade.

Nenhum grupo reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

Turquia, União Europeia e Estados Unidos, consideram o PKK como uma organização terrorista.

(Reportagem de Seltem Iyigun)

Mais conteúdo sobre:
POLTURQUIABOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.