Bomba mata um policial no Cairo, dizem fontes de segurança

Um policial foi morto e outras três pessoas ficaram feridas após a explosão de uma bomba neste domingo em uma ponte que leva ao bairro de Zamalek, no Cairo, disseram fontes de segurança.

REUTERS

05 Abril 2015 | 10h06

Esse é o segundo atentado contra a polícia na capital egípcia neste fim de semana.

O Egito enfrenta uma insurgência que já matou centenas de soldados e policiais desde que o exército removeu o presidente islamita Mohamed Mursi, no verão de 2013, na sequência de protestos em massa contra o seu governo.

A força da explosão deste domingo deixou uma cratera no chão. As fontes deram relatos conflitantes sobre se a bomba foi colocada dentro de um carro ou próximo a ele.

Dois dos feridos também eram policiais, enquanto o terceiro era um civil, afirmaram as fontes.

No sábado, duas bombas explodiram perto de uma delegacia de polícia no distrito residencial de Imbaba, sem causar vítimas.

A maioria dos ataques ocorrem na Península do Sinai, uma região remota, mas estratégica na fronteira com Gaza, Israel e do Canal de Suez, mas atentados de menor escala tornaram-se cada vez mais comuns no Cairo e em outras cidades.

(Por Shadi Bushra)

Mais conteúdo sobre:
CAIRO EXPLOSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.