Bombas e tiroteio matam ao menos 16 pessoas na capital da Somália

Pelo menos 16 pessoas foram mortas com a explosão de dois carros-bomba em frente a um tribunal da capital da Somália e uma troca de tiros entre homens armados e seguranças do local, disseram testemunhas.

Reuters

14 de abril de 2013 | 10h04

Homens armados invadiram o prédio do tribunal neste domingo, após a troca de tiros.

Horas mais tarde, uma grande explosão atingiu uma área próxima ao aeroporto local, segundo moradores.

Não ficou imediatamente claro quem realizou os ataques, mas militantes da Al Shabaab, ligados à Al Qaeda, assumiram neste ano a responsabilidade por uma série de atentados suicidas em Mogadíscio.

"Cerca de sete homens bem armados em uniformes governo entraram no tribunal hoje, logo que um carro-bomba explodiu no portão. Nós pensamos que eles eram soldados do governo", disse Aden Sabdow, que trabalha em um escritório próximo ao local.

(Por Abdi Sheikh e Omar Feisal)

Tudo o que sabemos sobre:
BOMBASSOMALIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.