EFE
EFE

Bombas matam oito e ferem pelo menos 100 no Sul da Tailândia

Três bombas explodiram na área comercial da cidade de Yala na hora do almoço

REUTERS

31 Março 2012 | 09h08

Atualizada às 11h05

Oito pessoas morreram e pelo menos 100 ficaram feridas em uma série de explosões neste sábado no Sul da Tailândia, região de maioria muçulmana, na mais recente onda de violência atribuída a separatistas da região fronteiriça com a Malásia.

Três bombas explodiram na área comercial da cidade de Yala na hora do almoço, disseram policiais, acrescentando que os artefatos estavam em um carro e em uma bicicleta.

(Por Surapan Boonthanom e Kitiphong Thaichareon)

Mais conteúdo sobre:
MUNDOTAILANDIAATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.