Bombeiros resgatam corpo de vítima da enchente em São Paulo

Desde sábado, homem achado no Rio Pinheiros era procurado; ele é a 7ª vítima na Grande SP e 14ª no Estado

Fabio M. Michel e Elvis Pereira, estadao.com.br

10 de fevereiro de 2009 | 20h58

O Corpo de Bombeiros de São Paulo resgatou, na tarde desta terça-feira, 10, mais uma vítima fatal das chuvas que caíram sobre a cidade no último fim de semana. O corpo de um homem foi localizado no Rio Pinheiros, por volta das 15 horas, próximo à Ponte do Jaguaré, zona oeste da capital.   Veja também: Chuva provoca prejuízos a moradores no Vale do Paraíba Desde dezembro, chuvas causaram 14 mortes no Estado de SP   O nome da vítima, cujo corpo era procurado desde sábado, não foi divulgado. Foi a sétima pessoa morta por consequência das chuvas do sábado e domingo na Grande São Paulo. Além dele, uma mulher morreu afogada dentro de casa, na zona sul. Três pessoas foram soterradas em Campo Limpo Paulista e dois homens, eletrocutados em Santo André.   E por causa das chuvas, o fornecimento de água em Campo Limpo Paulista e em Várzea Paulista só deverá ser totalmente normalizado na manhã desta quarta-feira, 11, estima a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). O abastecimento nas duas cidades da Grande São Paulo foi prejudicado após o Rio Jundiaí transbordar na noite de domingo e as águas invadirem o sistema de tratamento e distribuição da empresa. Até a noite desta terça, 10, cerca de 50% do abastecimento havia sido recuperado. Permaneciam sem água aproximadamente 80 mil pessoas. Nas áreas mais altas a recuperação do sistema ocorrerá de forma mais lenta. A Sabesp mobilizou 100 funcionários para limpar a estação, trocar equipamentos e atender os casos de emergência com 20 caminhões-pipa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.