'Bons Samaritanos' que roubaram estudante em distúrbios são condenados

Imagens do assalto, gravadas em um telefone celular durante onda de violência em Londres em agosto passado, rapidamente se espalharam pelo mundo.

BBC Brasil, BBC

16 Março 2012 | 08h09

Dois homens foram condenados à prisão por terem roubado um estudante malaio enquanto fingiam ajudá-lo, uma ação que foi filmada em vídeo e acabou circulando o mundo como um dos episódios mais chocantes da onda de violência que se espalhou por Londres em agosto do ano passado.

Ashraf Rossli, de 20 anos de idade, estava na Grã Bretanha havia apenas um mês quando foi atacado, no dia 8 de agosto, em Barking, uma das áreas onde os conflitos ocorreram.

As imagens do assalto, gravadas por um cinegrafista amador em um telefone celular (vídeo acima, com narração da época dos distúrbios), foram postadas na internet e rapidamente se espalharam pelo mundo.

Rossli havia deixado a casa de amigos e pedalava para casa quando foi agredido por Beau Isagba, 17 anos de idade, que o golpeou na cara e roubou sua bicicleta, caso que já havia sido julgado e resultado em condenação.

O soco que Isagba deu em Rossli foi tão forte que quebrou o maxilar da vítima em dois pontos. Sangrando e totalmente desorientado, o estudante malaio sentou no chão. Neste ponto, a gravação em vídeo começa e mostra um grupo se aproximando do estudante.

Penas

Em um primeiro momento, um homem parece ajudar Rossli a se levantar. Este pretenso "bom samaritano", identificado como John Kafunda, foi um dos condenados nesta semana. Em seguida, outro homem, Reece Donovan, também condenado, abre a mochila de Rossli e retira itens (um video game portátil e cartões com jogos, avaliados em pouco mais de R$ 1.200,00). O grupo, então, deixa o local.

Em depoimento, Rossli afirmou: "Estava sentado no chão com sangue jorrando da minha boca. Um homem se aproximou e perguntou se eu estava bem. Lembro de ser levantado e de alguém retirar coisas da minha mochila. Não estava em posição de me defender. Depois de retirarem (da mochila) o que queriam, eles partiram".

Donovan, de Chadwell Heath, Romford, foi sentenciado a três anos e meio de prisão por roubo. O criminoso também foi condenado a mais 18 meses por desordem violenta.

Kafunda, de Eastwood Road, Ilford, foi sentenciado a três anos e meio por roubo e nove meses por desordem violenta.

Beau Isagba, de Icknield Drive, Ilford, que admitiu ter roubado a bicicleta de Rossli, foi condenado por agressão e roubo a sete anos de prisão. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.