Brasil e México retomam acordo para isenção de vistos

O Ministério das Relações Exteriores informou nesta segunda-feira que Brasil e México decidiram retomar o acordo que prevê a isenção de vistos de turismo entre os dois países. Não há prazo, entretanto, para entrada em vigor. "A medida será implementada a partir de data a ser definida e anunciada de comum acordo entre as partes, no mais breve prazo possível", segundo nota divulgada pelo Itamaraty.

LAÍS ALEGRETTI, Agência Estado

18 de março de 2013 | 19h25

O acordo permite a entrada de cidadãos de um país no outro, sem necessidade de visto, por períodos de até 90 dias. O prazo pode ser renovado, mas a permanência total não deve exceder 180 dias no período de um ano. A aplicação do acordo havia sido suspensa em 8 de setembro de 2005, com efeitos a partir de 23 de outubro daquele ano.

O Itamaraty lembra, na nota, dos eventos que o Brasil sediará. "O Governo brasileiro saúda particularmente a possibilidade de que cidadãos mexicanos possam viajar ao Brasil, sem a necessidade de obterem previamente o visto de entrada, para assistir aos grandes eventos de 2013 (Copa das Confederações e Jornada Mundial da Juventude), 2014 (Copa do Mundo) e 2016 (Olimpíada e Paraolimpíadas)".

A nota informa, ainda, que o comércio entre Brasil e México cresceu 244% entre 2002 e 2012 e que, no ano passado, o Brasil foi o 8º parceiro comercial do México.

Tudo o que sabemos sobre:
vistoBrasilMéxico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.