Brasil é reeleito para conselho de aviação internacional

O Brasil foi reeleito membro do Conselho da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI, na sigla em inglês) para o período 2013-2016. Segundo nota do Ministério das Relações Exteriores publicada hoje, a eleição ocorreu durante a 38ª Sessão da Assembleia da OACI, realizada em Montreal, no Canadá, que teve início no último dia 24 e se estenderá até o dia 04.

SUZANA INHESTA, Agência Estado

29 de setembro de 2013 | 13h25

O País recebeu 160 votos de um total de 173 votos possíveis entre os países do Grupo I. "O resultado reflete o reconhecimento internacional à contribuição do Brasil para os trabalhos da organização, da qual é membro fundador", diz o Ministério no comunicado.

Fundada em 1944, a OACI é a agência especializada das Nações Unidas para promoção do desenvolvimento seguro e ordenado da aviação civil internacional. A eleição ao conselho da OACI é dividida em três grupos que compõem o total de 36 assentos. O primeiro Grupo, ao qual o Brasil pertence é composto por membros de importância sistêmica ("chief importance") ao transporte aéreo. A eleição acontece dentro de quatro dias da abertura da sessão do Conselho e totaliza 11 assentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.