Brasil fica em penúltimo em ranking escolar

O Brasil ficou na penúltima posição em um índice comparativo de desempenho educacional feito com dados de 40 países. O ranking, divulgado ontem pela Pearson Internacional, faz parte do projeto The Learning Curve (Curva do Aprendizado, em inglês) e mede os resultados de três testes internacionais aplicados em alunos do 5.º e do 9.º ano do ensino fundamental.

O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2012 | 02h01

Finlândia, Coreia do Sul, Hong Kong, Japão e Cingapura foram os países mais bem colocados no ranking. Já o Brasil aparece à frente apenas da Indonésia, ficando atrás de países como Bulgária (30.º) e Romênia (32.º). Da América do Sul, aparecem na lista Chile (33.º), Argentina (35.º) e Colômbia (36.º).

O índice global de habilidades cognitivas e de desempenho escolar foi criado com base no cruzamento de indicadores internacionais da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE): Programa Internacional de Avaliação dos Alunos (Pisa), Tendências Internacionais nos Estudos de Matemática e Ciência (Timms) e avaliações do Progresso no Estudo Internacional de Alfabetização e Leitura (Pirls), assim como dados educacionais referentes a cada país sobre alfabetização e também as taxas de conclusão de escolas e universidades.

Média. O desempenho de cada país mostra se ele está acima ou abaixo da média global. Segundo os dados divulgados ontem, 27 dos 40 países ficaram acima da média, enquanto 13 estão abaixo do valor mediano. Os países ainda foram divididos em cinco grupos, de acordo com a sua distância da média.

O Brasil, que teve pontuação de -1.65, foi incluído no grupo 5 - no qual estão as sete nações com a maior variação negativa em relação à média global.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.