Brasil já colheu 76% da área de milho 2a safra, segundo FNP

A colheita do milho da safra de inverno do ciclo 2011/12 já cobriu em 76 por cento da área plantada no Brasil, avanço expressivo ante os 52 por cento registrados até o final do mês de julho, informou a consultoria Informa Economics FNP em nota.

Reuters

16 de agosto de 2012 | 09h33

"Os trabalhos estão apenas dois pontos percentuais mais adiantados do que no mesmo período da temporada passada, quando estava em curso a colheita da safrinha da temporada 2010/11", disse a FNP.

Porém, a consultoria lembrou que em números absolutos a área colhida se apresenta expressivamente maior, atingindo pouco mais de 5,4 milhões de hectares, contra 4,2 milhões de hectares na mesma época do ano passado, uma vez que a área semeada com milho de inverno cresceu 22 por cento em relação ao ciclo passado.

O Brasil terá uma colheita recorde de milho em 11/12 em função do crescimento da chamada "safrinha".

Em Mato Grosso, maior produtor de milho segunda safra do Brasil, a colheita já é dada como praticamente encerrada.

Em Goiás, os trabalhos já foram concluídos em 89 por cento da área, com atraso de cinco pontos em relação à safra anterior, segundo a FNP.

No Mato Grosso do Sul, o clima firme e quente também colaborou para o rápido avanço dos trabalhos, que já foram realizados em quase metade da área cultivada.

No Paraná, os trabalhos também ganharam intensidade no período em curso e já alcançaram 65 por cento da área semeada com o cereal, com avanço de sete pontos em relação à safra anterior.

"O excesso de umidade nos meses anteriores além de atrapalhar o ritmo dos trabalhos também chegou a gerar lotes de milho com teor elevado de umidade em algumas regiões do Estado. Porém, a safra no Estado segue longe de registrar perdas de produtividade, uma vez que caminha para rendimentos recordes."

Nos Estados do Nordeste onde houve cultivo de milho safrinha, os trabalhos de colheita foram praticamente concluídos, acrescentou a consultoria.

(Por Roberto Samora)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSSAFRAMILHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.