Brasil perde até R$ 8 bi por ano por falta de reciclagem

Estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), aponta que o Brasil poderia ter benefícios da ordem de R$ 8 bilhões por ano se fizesse a reciclagem de todos os resíduos recicláveis que são encaminhados aos lixões e aterros. Atualmente, a coleta seletiva gera benefícios que variam de R$ 1,4 bilhão a R$ 3,3 bilhões anuais.

AFRA BALAZINA, ANDREA VIALLI e KARINA NINNI, ESPECIAL PARA O ESTADO, com AP, O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2010 | 00h00

O documento deverá servir de base para estabelecer uma política de Pagamento por Serviços Ambientais Urbanos (PSAU) pelo Ministério do Meio Ambiente, em que as cooperativas de catadores devem desempenhar papel fundamental. "O estudo nos deu a base para trabalhar. Há um mercado enorme e existe 1 milhão de catadores no Brasil todo", diz a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Só na cadeia do plástico, os benefícios poderiam subir do atual teto máximo de R$ 1 bilhão para R$ 5 bilhões por ano.

AQUECIMENTO GLOBAL

Painel do clima começa a ser auditado

Cientistas começaram ontem a revisar o trabalho do Painel do Clima da ONU (IPCC). A auditoria foi anunciada depois das críticas que o painel recebeu por erros em seu último relatório. O presidente do IPCC, Rajendra Pachauri, defendeu ontem os pesquisadores que participam do painel, mas disse que a auditoria era bem-vinda. Ele afirmou que ficará grato por sugestões que tornem o IPCC tão infalível quanto possível.

RIO DE JANEIRO

Medição da qualidade do ar ganha reforço

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) do Rio de Janeiro começou ontem a instalar equipamentos para medição da qualidade do ar em 26 pontos do Estado. A medição das partículas maiores já é feita. O objetivo agora é analisar as menores, que estão mais relacionadas a doenças respiratórias.

Os medidores ficarão tanto em áreas próximas a vias com grande tráfego quanto em regiões com pouco movimento. A medição será feita por 24 horas. Depois de seis dias, o filtro será recolhido e examinado.

AVISTAR 2010

São Paulo tem evento sobre aves até amanhã

A Avistar 2010, encontro sobre observação de aves, segue até amanhã no Parque Villa-Lobos, na zona oeste de São Paulo. Haverá painéis e palestras - como birdwatching para iniciantes, atração de aves na cidade e impacto ambiental durante a observação -, além de lançamentos de livros e autógrafos de especialistas como Tomas Sigrist, Dante Buzzetti e Ciro Albano. A programação está no site avistarbrasil.com.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.