Brasil propõe convocar EUA para diálogo sobre pacto com Colômbia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta segunda-feira a convocação de autoridades dos EUA, em algum momento, para dialogar sobre o novo pacto do país com Bogotá, que permitirá o aumento da presença militar norte-americana na Colômbia.

REUTERS

10 Agosto 2009 | 13h21

O acordo irritou vários países latino-americanos, incluindo o Brasil, que pediu que o debate seja feito regionalmente.

"Em algum momento, a Unasul pode convocar o governo dos Estados Unidos para conversar sobre os temas que nos interessam na região", disse Lula na cúpula de presidentes da União Sul-Americana de Nações, em Quito.

"Isso se resolve com uma conversa, olhando na cara", acrescentou.

O pedido de Lula foi respaldado imediatamente pela presidente da Argentina, Cristina Fernández, e pelo mandatário boliviano, Evo Morales.

(Por Mario Naranjo)

Mais conteúdo sobre:
EQUADORBRASILPROPOEUNASUL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.