Brasil tem mais de 60 mil gays em relação estável, diz IBGE

O Brasil possui mais de 60 mil pessoas vivendo com um parceiro do mesmo sexo em união estável, revelou o IBGE nesta sexta-feira numa prévia do Censo 2010, a primeira pesquisa que inclui amostra referente ao estado civil de pessoas do mesmo sexo.

REUTERS

29 Abril 2011 | 17h39

Dos mais de 37,5 milhões de brasileiros que vivem em relação estável, 60.002 são homossexuais. A região Sudeste concentra mais da metade dos casais do mesmo sexo, com 32.202 pessoas, seguida pelo Nordeste, com 12.196.

São Paulo e Rio de Janeiro são os Estados que lideram a estatística, com 16.872 e 10.170 pessoas, respectivamente. Em Roraima, apenas 96 declararam viver com um parceiro do mesmo sexo. Entre os casamentos heterossexuais, os paulistas também aparecem em primeiro, com mais de 8,3 milhões de casados. Minas Gerais vem a seguir, com 3,8 milhões, à frente dos 3,5 milhões do Rio de Janeiro.

O resultado preliminar do Censo 2010 também revelou que diminuiu a proporção de jovens e aumentou a de idosos na população brasileira. A representatividade dos grupos para todas as faixas até 25 anos diminuiu em relação a 2000, enquanto no topo da pirâmide houve crescimento da população com 65 anos ou mais.

As crianças de zero a quatro anos do sexo masculino representavam 4,9 por cento da população em 2000, por exemplo, e passaram a 3,7 por cento em 2010. Simultaneamente, os idosos com mais de 65 anos passaram de 5,9 por cento em 2000 para 7,4 por cento no ano passado.

Os dados atualizados revelam que a população do Brasil em 2010 era de 190.755.799, um número 23.100 maior do que o dado divulgado na prévia anterior, de novembro do ano passado. No ano 2000 a população brasileira era de 169.799.170, o que representa um aumento de 12,3 por cento em 10 anos.

(Por Pedro Fonseca)

Mais conteúdo sobre:
GERALIBGECASAISHOMO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.